¡Una serie de webinars centrados en el desarrollo de Windows!

A medida que el fin del soporte de Microsoft para Windows 7 se acerca a su fin, comenzamos una serie de seminarios centrados en la migración y el desarrollo de Windows 10.

Los temas son muy interesantes, por lo que estoy concentrando a todos en una publicación para facilitar su búsqueda y suscripción (cada imagen lleva a una página de suscripción diferente):

Image may contain: 1 person, smiling, text

Image may contain: 1 person, screen and text

Image may contain: 1 person, smiling, screen, laptop and text

Image may contain: 1 person, smiling, screen, laptop and text

Image may contain: text

Image may contain: 1 person, smiling, text

Image may contain: 1 person, laptop, screen and text

Y pronto tendremos algunos otros temas para agregar a esta lista, ¡mantendremos esta publicación actualizada para usted!

 

 

 

Advertisements

Série de Webinars com Foco em Windows!

Com a aproximação do fim do suporte da Microsoft para o Windows 7, estamos iniciando uma série de webinars com foco em migração e desenvolvimento para Windows 10.

Os tópicos são muito interessantes, portanto, estou concentrando todos em um post para facilitar a localização e inscrição (cada imagem leva a uma página de inscrição diferente):

Image may contain: 1 person, smiling, text

Image may contain: 1 person, screen and text

Image may contain: 1 person, smiling, screen, laptop and text

Image may contain: 1 person, smiling, screen, laptop and text

Image may contain: text

Image may contain: 1 person, smiling, text

Image may contain: 1 person, laptop, screen and text

E mais alguns ainda que serão divulgados em breve, vamos procurar manter este post atualizado com a lista completa.

Ah, e boa parte destes temas também estarão ao vivo e em bom português em nosso Embarcadero Conference logo mais em Outubro, inscrições também disponíveis:
https://embarcaderoconference.com.br/

 

 

 

Anunciando FMXLinux para Delphi e RAD Studio

Estamos muito felizes em anunciar que a Embarcadero Technologies chegou a um acordo de distribuição OEM com Eugene Kryukov para o FmxLinux. A partir de hoje, os clientes Delphi e RAD Studio, com assinatura ativa das edições Enterprise ou Architect, podem baixar, instalar e começar a usar o FmxLinux para criar aplicativos FireMonkey destinados à plataforma Linux de 64 bits. Você pode usá-lo para adicionar o Linux como uma plataforma a um aplicativo existente, ou para criar aplicativos totalmente novos FireMonkey para Linux.

fmxlinux

Por que o FmxLinux

O FmxLinux traz o desenvolvimento cliente do FireMonkey para o Linux, e adiciona a capacidade de expandir nosso suporte à plataforma Linux do servidor para os cenários de desktop e quiosques. Esta não é uma oferta limitada, mas sim um contrato de distribuição a longo prazo, por isso esperamos continuar a suportar clientes Linux via FmxLinux também em futuras versões do RAD Studio.

O suplemento está disponível via GetIt na versão 10.3.1 do Delphi e do RAD Studio. Depois de instalado, você terá todos os arquivos relevantes no sistema, além de um assistente de IDE para ajudar a gerenciar/criar seus projetos.

O FmxLinux fornece recursos para construir aplicativos GUI para Linux, estendendo a estrutura do FireMonkey do RAD Studio (Delphi Edition). Ele permite a criação de aplicativos clientes para organizações que estão adotando clientes Linux (vimos um aumento nas solicitações da Rússia e do Brasil) e para quiosques de autoatendimento (computadores executando aplicativos em tela cheia) e outros cenários em que o custo de uma licença do Windows é um problema significativo. Um exemplo comum é um contador de check-in de empresa aérea de autoatendimento, que executa o Linux, e apresenta um aplicativo GUI para Linux para o cliente fazer o check-in, adicionar bagagem, realizar upgrades de assento etc.

Características principais

  • O FireMonkey para Linux fornece a capacidade de criar aplicativos GUI para Linux, estendendo a estrutura da plataforma FireMonkey do Delphi
  • O FmxLinux expande o suporte do Delphi de aplicativos de servidor para aplicativos cliente FMX para distribuições populares do Linux
  • Inclui vários estilos de interface do usuário prontos para uso
  • Muitos dos componentes do FMX, como grades, widgets, etc. funcionam perfeitamente em clientes Linux
  • Aproveite os recursos inovadores do RAD Studio, como o LiveBindings, e muito mais, em seus aplicativos clientes do Linux
  • Aproveite o suporte do WebKitGTK para executar um aplicativo FmxLinux como um aplicativo da Web HTML5 no navegador

Mais Informações

 

Estamos muito felizes em expandir o poder do Delphi e FireMonkey com suporte aprimorado para a plataforma Linux, e estamos ansiosos para ouvir sobre seus projetos Linux!

Embarcadero Report from the TDC 2017 in São Paulo

In the week of 18 to 22 of July we had the biggest developers conference from the Latin America, popularly known as The Developer’s Conference.

Embarcadero, as a key player in this market, was present there, not only as a Diamond Sponsor, but also with an entire track about Delphi and C++ Builder!

Nenhum texto alternativo automático disponível.

During these days we had the opportunity to show off the power of our multi-device strategy, as well our new backend support for Linux and the Windows 10 integration. All the presentations were organized and presented by our MVPs and community of users:

Inline image 1

Considering the entire week, more than 3k developers passed by the event, as well by our booth, where we did tons of demos and discovered developers surprised with the power that Delphi has nowadays!

You can find some thousand of pictures in the event fan page on Facebook, I’m pretty sure you can find us there!

Feliz Aniversário Delphi! #ILoveDelphi

ilovedelphi

Chegamos a mais um aniversário do Delphi, e podemos atestar que o aniversariante encontra-se em ótima forma ao completar seus 22 anos, um jovem na verdade!

Neste tempo todo, poucas tecnologias tiveram tamanha capacidade de se manter tão atualizadas, inovadoras e seguir ditando tendências. A começar pelo conceito do RAD, criado pela então Borland, e presente nas principais ferramentas da atualidade, até os dias atuais, com um dos melhores suportes para desenvolvimento cross-platform disponível no mercado!

Para marcar o dia, algumas fotos de pequenos tesouros e lembranças que mantenho da minha participação nesta história, afinal lá se vão 15 anos nesta industria vital!

ps: aos mais mais novos, é recomendado assistir este vídeo para entender a frase acima 😉

Foram centenas de treinamentos ministrados, consultorias e sistemas desenvolvidos. Apresentações em todas as capitais do país, e muitas cidades do interior também, e a incrível experiência de trabalhar ao menos por uma semana em cada país da América Latina e América Central, visitando clientes e fazendo eventos. É impressionante o que um compilador é capaz de fazer!

Mas além de um compilador, temos as pessoas. Sim, em tempos de pragmatismos e racionalização de tudo, talvez seja este o fator que nos permitiu chegar tão longe, todas verdadeiramente apaixonadas pelo que fazem.

Seria uma tremenda injustiça citar qualquer nome, cada qual contribuiu com o seu melhor, empurrando a ferramenta para frente, empurrando minha vida para frente… cada qual sabe o quanto sou grato por tudo!

Obrigado Delphi!

Windows 10 Store, Android, iOS, OS X, Linux: recursos para migrar sua aplicação Delphi/C++ Builder e suportar TODAS as plataformas!

Introdução

O suporte para múltiplas plataformas tem motivado muitas companhias a migrarem seus projetos para as versões mais recentes do RAD Studio, estejam eles utilizando Delphi ou C++ Builder. Em breve estaremos suportando mais uma plataforma de maneira 100% nativa, Linux 64 bit, e este movimento deve se intensificar.

Pensando nisso, estou iniciando uma série de artigos a respeito de migração, sendo este o primeiro deles. Vou tentar reunir aqui recursos que estão disponíveis e que podem auxiliar no processo de migração, e também compartilhar a experiência de alguns processos de atualização junto a alguns de nossos clientes.

Existem alguns temas recorrentes (e muito sensíveis) em um processo de migração. Abaixo estou listando os principais, sendo que a ordem não necessariamente atribui aos mesmos um grau de importância:

  • Suportar Unicode em todo o projeto
  • Migrar o framework de acesso a dados
  • Passar a compilar para 64 bit no Windows
  • Migrar ou remover componentes de terceiros
  • Migrar o middleware (quando em uso)

Temos também outros tópicos que não estão exatamente relacionadas a migração, mas sim a expansão da aplicação para outras plataformas, já que no Delphi/C++ temos o benefício de utilizar exatamente o mesmo código-fonte para múltiplas arquiteturas:

  • Migrar de uma plataforma de banco de dados para outra
  • Suportar múltiplas plataformas de banco de dados simultaneamente
  • Passar de uma aplicação originalmente Windows para múltiplas plataformas

Cada um destes macro tópicos será tratado em um ou mais artigos individualmente, e novos poderão ser adicionados de acordo com seu feedback!

Para dar o pontapé inicial, vamos falar de Unicode, um tema abstrato para a maioria da comunidade, o qual pode significar ao mesmo tempo uma enorme dor de cabeça em seu projeto, ou literalmente nada. Tudo vai depender do contexto de sua aplicação. Hoje vamos entender o que é Unicode e sua importância.

Sobre Unicode

The Unicode Blog

Unicode foi criado e segue sendo mantido pelo Unicode Consortium, uma entidade criada por desenvolvedores: http://www.unicode.org/

Em sua definição podemos encontrar a seguinte declaração (em tradução livre):

Unicode fornece um número exclusivo para cada carácter,
Não importa qual plataforma,
Não importa qual aplicação,
Não importa qual linguagem.

Existe também um blog oficial (http://blog.unicode.org/) onde você pode encontrar artigos interessantes sobre padrões e versões da especificação do Unicode, atualmente em sua versão 9.0 (http://www.unicode.org/versions/Unicode9.0.0/).

Definições e Objetivos

Unicode é um padrão para a definição e identificação de caracteres e símbolos em todas as línguas escritas, atribuindo um valor único a cada caractere ou símbolo. O Consórcio Unicode define qual número (ponto de código) representa qual caractere ou símbolo.

Em 1991, obtivemos o Unicode versão 1.0.0, que foi estendido para 1.0.1 e 1.1 de acordo com o padrão ISO-10646. Originalmente, o Unicode 1.1 estava limitado a 64K caracteres e símbolos, o que significava que 2 bytes eram suficientes para codificar todos os caracteres. Infelizmente, o 64K também era insuficiente para suportar todas as línguas escritas no mundo.

Como resultado, o Unicode 2.0, a partir de junho de 1996, estendeu o número de pontos de código para $ 10FFFD caracteres e símbolos (1.114.109 para ser exato). No momento da escrita, o Unicode 9.0 é atual, para o qual o Consórcio Unicode já definiu 128.172 caracteres no padrão.

Formatos de Transformação Unicode

Os dados Unicode (os valores de ponto de código) podem ser apresentados em diferentes formatos, como UTF-8, UTF-16 ou UTF-32. Também podemos opcionalmente comprimir dados Unicode. UTF significa Unicode Transformation Format, e cada UTF define o mapeamento entre um ponto de código para uma série única de bytes que representam esse ponto de código. Assim, onde o próprio Unicode define o caractere ou símbolo que pertence a um ponto de código, o UTF define a representação física (no arquivo no disco ou na memória, por exemplo).

UTF-8
Usando UTF-8, temos entre 1 e 4 bytes para cada caractere Unicode.

UTF-16
Usando UTF-16, obtemos 2 ou 4 bytes para cada caractere Unicode. Esta codificação é mais fácil e mais rápida de processar do que UTF-8.

UTF-32
Usando UTF-32 sempre obtemos exatamente 4 bytes para cada caractere Unicode. Esta é a codificação mais fácil de todas, mas também a que resulta no maior espaço de armazenamento.

API do Windows
Desde Windows NT e 2000, a API do Windows oferece suporte a dois conjuntos de APIs: um para ANSI (A) e um para caracteres Unicode (W), portanto, outra importante razão para você migrar sua aplicação para um compilador mais recente.

Unicode no Delphi/C++ Builder

Feitas as apresentações e formalidades, no próximo artigo iniciaremos por explorar os recursos e técnicas para migração de sua aplicação “Pré-Unicode”, seja tornando-a 100% aderente ao padrão Unicode, ou simplesmente garantindo que ela irá se comportar bem com os novos compiladores e sistemas operacionais, caso você não necessite realmente de suporte a múltiplos idiomas e caracteres estendidos.

Até breve!

Embarcadero Conference 2016 – Brazil

banner_conference

The Embarcadero Conference 2016 Brazil is now very close, so I thought about sharing some facts about the event.

1) That event is the largest Delphi and C++ Builder developers conference in the world, we have around 500 attendees every year, and we are expecting more for the next October 26th.

2) We are growing in content and space if compared with all the previous years: 7 tracks, 48+ speeches, 50+ hours of valuable content, everything in one day!

3) There are attendees from the entire country, of every state of the federation. In case you don’t know too much about Brazil, we are a continental country, so the distance here really matters: https://en.wikipedia.org/wiki/Brazil.

4) We used to have also visitors from neighbor countries, let’s see who will shows up this year…  😉

5) We have nowadays more than 15 Brazilian MVPs in the Embarcadero MVP program, and all of them will talk in the event.

6) Talking about MVPs, Jim McKeeth, the MVP Program Manager will also be here, doing the Opening Keynote!

If you want to know more, you can explore the Conference Portal (in Portuguese), but I’m also providing here an unofficial translation in english, as well some pictures from the 2015 edition!