Delphi Academy: Iniciando com Delphi para Linux 64 bit em 3 episódios!

As últimas 3 sessões do Delphi Academy foram dedicadas ao novo compilador Linux do Delphi. O feedback tem sido muito positivo, então resolvi fazer um post consolidando estas sessões para aqueles que não tiveram a oportunidade de assistir.

Iniciamos por compreender como configurar uma VM Linux para desenvolvimento e testes de sua aplicação, e também executamos alguns pequenos testes. Isso foi ao ar originalmente em 07/02.

Preview: Novo Compilador Linux para Delphi

Os slides deste episódio podem ser encontrados aqui: http://cc.embarcadero.com/item/30684

No episódio seguinte, falamos sobre DataSnap em geral, e sua distribuição para servidores Linux. DataSnap é sempre um grande sucesso de público, e este episódio não foi diferente. Este episódio foi ao ar originalmente em 21/02.

Preview: Iniciando com Aplicações Multicamadas para Windows e Linux 64 bit

A apresentação deste episódio (PPT) pode ser encontrada neste link: http://cc.embarcadero.com/item/30719

E finalmente, concluímos a série de previews sobre o novo compilador Linux esta semana, com um episódio sobre RAD Server. Por trata-se de um produto relativamente novo, e que possui muitas tecnologias integradas, iniciamos este episódio com uma visão conceitual sobre serviços em REST e sobre todas as características do RAD Server, antes de passar aos bits & bytes especificamente. Este episódio foi ao ar em 07/03.

Preview: Iniciando com RAD Server para Windows e Linux 64 bit

Para este episódio, tanto exemplos quanto os slides, estão disponíveis neste link: http://cc.embarcadero.com/item/30740

O Delphi Academy vai ao ar a cada duas semanas, sempre com um novo tópico. Sugestões de temas também são bem vindas!

Advertisements

Embarcadero Conference 2016 – Brazil

banner_conference

The Embarcadero Conference 2016 Brazil is now very close, so I thought about sharing some facts about the event.

1) That event is the largest Delphi and C++ Builder developers conference in the world, we have around 500 attendees every year, and we are expecting more for the next October 26th.

2) We are growing in content and space if compared with all the previous years: 7 tracks, 48+ speeches, 50+ hours of valuable content, everything in one day!

3) There are attendees from the entire country, of every state of the federation. In case you don’t know too much about Brazil, we are a continental country, so the distance here really matters: https://en.wikipedia.org/wiki/Brazil.

4) We used to have also visitors from neighbor countries, let’s see who will shows up this year…  😉

5) We have nowadays more than 15 Brazilian MVPs in the Embarcadero MVP program, and all of them will talk in the event.

6) Talking about MVPs, Jim McKeeth, the MVP Program Manager will also be here, doing the Opening Keynote!

If you want to know more, you can explore the Conference Portal (in Portuguese), but I’m also providing here an unofficial translation in english, as well some pictures from the 2015 edition!

 

Dados no dispositivo é uma necessidade!

Você já teve uma app que parou de funcionar em seu smartphone ou tablet porque você ficou sem conexão? Existe algo mais frustrante que perder algo crítico que está quase pronto devido a uma perda de conexão de rede? Por que não ter uma app com dados locais, ou ao menos com um cache de dados locais? Aí você me pergunta: e a segurança desses dados? Já ouviu sobre criptografia AES de 256 bit? Devem ser necessários ao menos 10 bilhões de anos para quebrar esse tipo de esquema!

Então por que não utilizamos mais desta técnica? Qual a razão de nos preocuparmos com perdas de dados como esta onde um laptop foi perdido, ou esta de uma importante companhia da área de saúde, se os dados estivessem propriamente protegidos com um mecanismo de criptografia de 256 bit?

Normalmente “protegemos” nossos dados utilizando um usuário/senha e mantendo os dados remotos… porque não colocar os dados no device e ter uma aplicação mais robusta? Dessa maneira podemos nos livrar do medo da temida 1 barra de conectividade, ou dispositivos perdidos ou roubados. Por que não usar a criptografia AES de 256 bits para proteger o seu bem mais precioso… os seus dados?

Interbase DB é um banco de dados (server ou embedded) que suporta criptografia de 256 bit para proteger campos, linhas ou todo o banco de dados de olhos curiosos indesejados. SQLite por sua vez, não possui este nível de granularidade de criptografia, normalmente comportando-se como um arquivo texto. Interbase ocupa muito pouco espaco (3 MB), tornando-o perfeito para devices, smartphones, tablets, IoT, equipamentos médicos, etc. Por falar nisso, o Interbase atualmente suporta iOS, Android, Windows, Linux e OSX.

A coisa mais legal é que o InterBase usa o mesmo formato de dados através de todas estas plataformas diferentes. Por que é tão legal você pergunta? Você pode literalmente copiar o arquivo de banco de dados do iOS para o Android para o Windows, etc., sem modificar um único bit de dados. Considere o tempo que você vai ganhar testando em diferentes plataformas!

Vamos lá arquitetos de dados e desenvolvedores de software, não tenham medo de colocar os dados no dispositivo com o InterBase DB e usar a criptografia AES de 256 bits para os dados que você não pode se dar ao luxo de perder. Comece por fazer o download da versão de avaliação gratuita e siga a página de webinars e exemplos do Interbase.